Instrumentos tradicionais Portugueses Artimúsica

A  tradição ainda é o que era

A  tradição são os rituais que perpetuam a memória de um povo, e um povo rico não tem uma, mas várias tradições. Portugal, de sul a norte, é uma polifonia de costumes com melodias próprias, que se juntam sinfonicamente, unindo o cante alentejano aos pauliteiros de Miranda. É nessa diversidade que está na nossa riqueza, e a música tradicional portuguesa ecoa tanto as trovas medievais do centro da europa como o fatalismo árabe.

Guitarras portuguesas, violas campaniças, cavaquinhos, são vários os instrumentos que definem o som da música tradicional nacional, que tem ganho uma vida nova pela mão de novos músicos que tentam tanto preservar como reinventá-la, cruzando o tradicional e o moderno, misturando-a com outras tradições e modernidades de quem por aqui passou e continua a passar.

Nunca as suas raízes estiveram tão expostas: vimos a música portuguesa a aprender a gostar dela própria, pela voz de músicos populares, e artistas pop e alternativos. A tradição, ao contrário do que se possa pensar, não é um conceito estático, mas uma entidade fluida e em permanente actualização, que se reinventa, de forma inclusiva. Basta só ver os festivais de música e de dança tradicionais que se multiplicam pelo país fora, assim como a quantidade de grupos que a interpretam, em tantas e diferentes roupagens.

Por isso, quando pensarem em música tradicional, não achem que é só senhoras de vozes esganiçadas a cantar sobre o amor desavindo pela altura das colheitas, ou gaitas de foles em romaria pelas ruas ao ritmo de tambores manhã cedo. É cantar em coro, é dar as mãos num vira, é destino, corridinhos e romances. Música é celebração, seja ela de raízes celtas, africanas, brasileiras, anglosaxónicas ou de tradições ainda mais distantes.

Para quem gosta de explorar e celebrar sonoridades tradicionais, o Salão Musical de Lisboa tem ao vosso dispor instrumentos de uma das melhores marcas nacionais do setor: a Artimúsica.

Fundada em Setembro de 1992 a Artimúsica é uma das marcas de referência na construção artesanal de instrumentos tradicionais portugueses.

É um negócio de família, que segue o método de construção iniciado pelo mestre Joaquim José Machado, há mais de 100 anos. Os seus netos, os mestres Manuel Carvalho e José Carvalho, fabricam cada instrumento como se fosse uma verdadeira obra de arte, fazendo com que cada peça seja única e de alta qualidade.

Se procuram outras tradições, a Artimúsica produz também banjos, bandolins e outros instrumentos de cordas de outras paragens, respeitando sempre o seu espírito original.  
Seja para reavivar, redescobrir ou para traçar novas fronteiras e contornos na música tradicional, vejam os produtos Artimúsica no Salão Musical de Lisboa e escolham o que de melhor se faz em instrumentos tradicionais em Portugal.

Sobre o autor

Relacionado

Comentários